sistema de escape, mecanica rapida, tiremaster

Esta deve ser a manutenção do sistema de escape do seu carro

Uma boa manutenção do sistema de escape é fundamental para a saúde, tanto do veículo como do ambiente. O correto funcionamento deste elemento tem influência direta no desempenho do motor. Assim, um sistema de escape em mau estado pode reduzir a potência do carro, além de seu impacto negativo no meio ambiente. Deseja tornar-se um especialista no cuidado deste sistema? Então não vá, nós o ajudaremos!

Qual é a função do sistema de escape?

Este elemento canaliza os gases produzidos no processo de combustão de forma controlada. A sua principal função é reduzir o nível de toxicidade desses gases, além de diminuir o ruído produzido durante a sua saída. O mau estado desse sistema pode ocasionar um consumo excessivo de combustível , com suas correspondentes implicações ambientais e económicas.

Existem inúmeras causas que podem levar à deterioração prematura do escape. O uso frequente do carro, choques com pedras, buracos, os próprios gases de combustão, variações de temperatura e humidade ou mesmo a idade do carro, podem ser fatores decisivos no bom ou mau estado do escape.

Chaves para uma boa manutenção do sistema de escape

Todos os componentes que compõem o sistema de escape são de vital importância no funcionamento de um veículo . Por isso, a verificação frequente e a realização dos trabalhos de manutenção pertinentes são essenciais para o bom estado de saúde do seu automóvel. O mais óbvio dos seus componentes é o escape, que deve ser verificado pelo menos uma vez por ano ou, na sua falta, a cada 50.000 km. Porém, não se esqueça de verificar o bom estado de outras peças de grande importância.

  • Tubos de entrada e saída

É fundamental verificar se a área metálica que conecta ao veículo está em boas condições. Além disso, deve-se verificar se as tubagens não apresentam sinais de deterioração, como rachaduras, ferrugem ou buracos.

  • Silencioso

Externamente, é importante verificar se o invólucro não está perfurado, caso contrário, o vazamento de gás provoca ruído. No interior, verifique o bom estado dos tubos e do silenciador.

  • O catalisador

Este componente é responsável por eliminar a maioria dos elementos poluentes dos gases. Por outro lado, é necessário certificar-se de que a peça de cerâmica que está na câmara do catalisador está bem apoiada. Por sua vez, a caixa térmica não deve apresentar fissuras ou deformações. Do contrário, não haverá outra escolha a não ser substituí-lo.

  • Suportes de borracha

Encarregados de amortecer os golpes, a deterioração ou endurecimento desses elementos impede que eles desempenhem corretamente a sua função, uma vez que não se adaptam às partes metálicas correspondentes.

A manutenção do sistema de escape do seu automóvel é uma tarefa que deve realizar anualmente. No entanto, se detetar que a fumaça que ele expele é mais densa do que o normal, se faz barulho excessivo ou se sentir vibrações ou ruídos de peças soltas, deve ir o mais rápido possível à sua oficina de veículos de confiança para verificar a falha e energia conserte-o antes que afete a saúde do seu carro.

Sem Comentários

Publicar um comentário

Utilizamos cookies para personalizar o conteúdo do Web site, para disponibilizar funcionalidades das redes sociais e para analisar o tráfego do Web site. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies,

ACEPTAR
Aviso de cookies