pneus de qualidade barato

Como a pressão dos pneus poderá afetar o consumo automóvel?

A pressão dos pneus é um elemento-chave não só apenas em termos de segurança e, simultaneamente os consumos de combustível. Lembre-se que o pneu é o único ponto em contacto com o solo. E, isso causa um atrito maior ou menor afetando diretamente o consumo.

Com a pressão baixa, o consumo do automóvel aumenta?

Antes de responder a essa pergunta, vamos aprofundar o que é a pressão baixa nos pneus. São os fabricantes de automóveis e não os fabricantes de pneus, que estabelecem a pressão recomendada para tirar o máximo de proveito dos pneus.

Este valor é calculado por base no peso de veículo, na sua utilidade e nos seus benefícios. Os fabricantes definem um valor de pressão, a faixa dimensional pretendida e os índices de carga e velocidade. O que acontece se não respeitarmos a pressão recomendada ? A banda de rodagem aumenta a sua área de contacto com o solo.

Sabe identificar os sinais de desgaste dos seus pneus? (veja aqui)

Como consequência, o automóvel fará um esforço extra para poder andar. A razão é que o atrito do pneus é muito maior. Essa energia extra exigida pelo automóvel traduz-se diretamente num maior consumo de combustível. Uma pressão baixa afeta diretamente o consumo de combustível.

Também alertamos para não colocar pressão a mais nos seus pneus para ter um contacto mínimo com o solo. Essa situação levaria a uma perda de segurança e um desgaste desigual na área central do pneu.

A pressão deverá ser sempre a recomendada. Não podemos esquecer que o desgaste dos pneus influência a distância de travagem. Neste caso, é essencial verificar a pressão dos seus pneus de 15 em 15 dias ou uma vez por mês.

 

Sem Comentários

Publicar um comentário

Utilizamos cookies para personalizar o conteúdo do Web site, para disponibilizar funcionalidades das redes sociais e para analisar o tráfego do Web site. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies,

ACEPTAR
Aviso de cookies